Imprimir 

          

 - As palavras de João Paulo II


 

 “Ajudar a Igreja na sua missão” (Discurso a 10.000 crianças da Armata Bianca, 27 de maio de 1989)

Queridos filhos, vocês pertencem àquela associação especial de oração e apostolado que se chama Armata Bianca, porque é consagrada a Maria Santíssima. Vós conheceis os compromissos da vossa associação: consagrar-se a Deus Pai e a Maria, empenhando-se na recitação do Rosário, com o propósito particular de reparar na oração pela conversão de muitos à mensagem cristã. Exorto-o a ser fiel a esta tarefa.. va >>
 

 

 

“Escola de Maria” (Homilia em Fátima, 13 de maio de 2000)

Esta homilia demonstra a total uniformidade da nossa visão com a do Supremo Pastor, mesmo nas referências ao Apocalipse e à Mulher Vestida de Sol. va >>
 

 

 "Teremos apóstolos entre as crianças!" (audiência em 17 de agosto de 1994):

«(...) O amor e a estima de Jesus pelas crianças são uma luz para a Igreja, que imita o seu fundador. Ela não pode deixar de acolher as crianças como ele as acolheu. (…) A Igreja exorta os pais e educadores a cuidarem da formação dos pequenos para a vida sacramental, especialmente com o recurso ao sacramento do perdão e da participação na celebração eucarística. (...) “Haverá apóstolos entre os filhos”. va >>
   

 

"Decidi pedir-vos, queridas crianças e adolescentes, que fizésseis vossa a oração pela paz". (Carta as crianças” - 13 de Dezembro de 1994)

«Como é importante a criança aos olhos de Jesus! (…) É bem verdade: Jesus e a sua Mãe escolhem frequentemente as crianças para lhes confiar tarefas grandes para a vida da Igreja e da humanidade. (...) Jesus põe grande esperança na sua oração. Que poder enorme tem a oração das crianças!  (…) O Papa conta muito com as vossas orações. (...) Decidi pedir-vos, queridas crianças e adolescentes, que fizésseis vossa a oração pela paz." va >>

 

Crianças de hoje, novos evangelizadores (Angelus, Domingo, 6 de Janeiro de 2002).

"Hoje, a Igreja confia a tarefa da evangelização, de modo muito especial, às crianças. (...) va >>
 


As palavras de Bento XVI

 

"Também eu, para o meu ministério, conto com as orações das crianças e vejo que conto justamente e com a sua participação activa na missão da Igreja..(Angelus 6 de Janeiro de 2006)

"Queridas crianças! (...) Vejo em vós pequenos colaboradores ao serviço que o Papa realiza à Igreja e ao mundo: vós dais-me apoio com a vossa oração e também com o vosso empenho de difundir o Evangelho"  (Carta às crianças austríacas que participam da pontifícia obra da infância missionária. 3 de Setembro de 2007).


Testemunho de Sua Eminência Mons.  Hnilica

 

J.E. Pavel Hnilica narodził się dla nieba 8 października 2006 roku, w rocznicę aktu zawierzenia świata Niepokalanemu Sercu Maryi, dokonanego w roku 2000, którego pragnął z całych sił.
Biała Armia wiele zawdzięcza biskupowi Hnilicy, który zawsze ją wspierał z ojcowską miłością i macierzyńską czułością. Aby wyrazić naszą wdzięczność, pragniemy przytoczyć słowa, które on sam nam podyktował w roku 1977 jako wstęp do książki "Fatima  i dzieci".

 

“Quando, já bispo, tive que fugir de minha terra natal, a Tchecoslováquia, junto com alguns seminaristas, porque eram perseguidos por sua religião, fui salvo pela inocência das crianças.
Agora vou contar a vocês, crianças, como foi.

.

 

* * *

 

 

S.E. Bispo Paulo HNILICA
Bispo titular Rusadus - Fundador da associação "Pro Deo et Fratribus"
Roma, 1977