Imprimir 

A mensagem de Fátima está intimamente ligada à Rússia: "Se os Meus pedidos forem ouvidos, a Rússia converter-se-á e haverá paz", disse a Virgem o dia 13 de Julho de 1917. Em 1989, a Armada Branca - após o acordo com os Bispos de vários países - organizou a “Peregrinatio Mariae”, com a Nossa Senhora de Fátima nos países oprimidos pelo jugo pesado do comunismo. Pela primeira vez após 70 anos de perseguição, a Maria está de volta entre os seus filhos mais vitimizados, recebida com tapetes de flores, toques de sinos contínuos, multidões de fiéis à espera, apesar de, a sua chegada, ter sido anunciada só poucas horas antes …