Após a missa oferecida para as crianças não nascidas, vítimas do aborto, concelebrada pelo Padre Andrea D'Ascanio e Giovanni Antonucci, o Dr. Maurício Checa, o presidente do Movimento para a Vida da Armada Branca no México, tirou uma foto à imagem da Virgem de Guadalupe que não é exagero definir prodigiosa.